Menú Atrás Adiante Índice

RECÉM-NASCIDOS COM FACIES NORMAIS E IgM SÉRICA ELEVADA

Infecção por citomegalovírus
O vírus citomegalico (VCM), pelo general, transmite-se ao feto durante uma infecção primária materna. Os fetos de mulheres seroinmunes nascem protegidos. A infecção do sistema nervoso central se estabelece no primeiro e segundo trimestre do gravidez.
A microcefalia e as convulsões são manifestações correntes da infecção congênita pelo VMC, e produto do dano causado pela meningoencefalitis no cérebro durante seu desenvolvimento (Figura 277.1 A). A meningoencefalitis pelo VCM se acompanha de várias perturbações migratórias, inclusive polimicrogiria (a mais freqüente), lisencefalia, paquigiria e heterotopias neuronales. As manifestações da infecção do sistema nervoso central também incluem porencefalia, hidranencefalia, hidrocefalia e hipoplasia cerebelosa.
Os signos neurológicos são as unicas manifestações da infecção congênita pelo VCM em perto dos 30% de casos. Os recém-nascidos com dita infecção apresentam, freqüentemente, hepatomegalia, petequias ou outras manifestações de compromisso do sistema reticuloendotelial. Também se observam coriorretinitis, e com freqüência, calcificações periventriculares em forma de "C" na TC (Figura 277.1 B).

A B

Figura 277.1— [A]: microcefalia. [B]: TC cerebral que mostra evidência de calcificações periventriculares.

A RM e TC do cérebro também podem mostrar evidência de lesões profundas da matéria brancas especialmente na parte anterior do lóbulo temporal.

A B C

Figura 277.2.— A. RM do cérebro (T1) demonstrando lesões na matéria branca de lóbulos temporais. B. RM (flaire) demonstrando lesões temporais simétricas e anteriores. C. MR do cérebro demonstra área de porencéfalia na região anterior do lóbulo temporal com relativa conservação da casca.

 

Menú Atrás Adiante Índice
calcification clacification calcification calcification Para animación presione sobre la figura. Van der Knaap, 2004